Tipos de cortes para ternos: quais existem?

Sem dúvida, o terno é a indumentária masculina que confere sofisticação ao look de todo homem. Mas, você conhece os tipos de cortes para ternos que existem no mercado? A variedade de modelos pode confundir o público masculino e resultar na compra errada das peças.

Entretanto, ao saber quais são os tipos de ternos mais usados e suas principais características, você vai fazer a escolha certa e, consequentemente, estará alinhado e elegante sempre que precisar usar as peças.

Por falar em peças, é preciso esclarecer que o terno é o trio composto pelo paletó + colete + calça e que as modelagens e os tecidos podem variar de acordo com o estilo de cada conjunto. Já o costume é composto apenas pela calça e pelo casaco.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, acompanhe o artigo que preparamos para você!

Terno tradicional

Conhecido também como modelo americano, o terno tradicional tem a modelagem mais larga e, por isso, é recomendado para quem tem a cintura maior. O que define o estilo são ombros e mangas mais largas, gola com entalhe ou pontas viradas, bolsos cortados ou lisos e, ainda, a presença de apenas uma abertura.

O terno tradicional é bastante confortável, porém, não tem muito estilo. Deve ser usado com camisa tradicional e gravata mais larga. Geralmente, a calça tem o talhe mais folgado e as barras costumam ser tradicionais ou italianas (dobra larga no final da barra, que parece estar dobrada).

Terno slim

A modelagem slim já está sendo bastante usada pelos homens, principalmente os mais jovens. Entre as principais características deste tipo de terno, podemos destacar as lapelas e os ombros mais estreitos, assim como o corte da calça que também é levemente afunilado. A cintura mais ajustada confere modernidade ao traje formal.

As camisas slim são ideias para serem usadas com este tipo de terno. Elas são mais próximas ao corpo e não amarrotam na hora de colocar o paletó. Também não esqueça de usar a gravata slim, que são mais finas que as gravatas tradicionais.

Terno super slim

Entre os tipos de cortes para ternos, podemos destacar o modelo super slim, que é mais ajustado ao corpo que o slim. Os cortes das peças transitam entre o moderno e o fashion, dando a impressão de que o traje está um pouco apertado. Os homens arrojados e irreverentes já adotaram o estilo e desfilam com muito propriedade o terno e a camisa super slim.

A barra da calça é classificada como quebra light, ou contemporânea, e mal encosta na parte da frente do sapato, sendo que, eventualmente, um pouco da meia é visível, mesmo que o homem esteja sentado. O terno super slim tem sido a preferência de jovens executivos!

Tecidos mais usados em ternos

Os tecidos mais comuns para confeccionar ternos podem ser feitos de fibras naturais, sintéticas ou ainda um mix dos dois. Em situações mais formais, dê preferência aos ternos de tecidos naturais, como: lã fria, algodão, linho e tweed. Já os ternos feitos em fibras sintéticas podem ser usados em escritórios, reuniões e eventos diurnos. Entre elas, merecem destaque a microfibra, o poliéster e a poli viscose.

A linha de camisas sociais da Hórus combina muito bem com os tipos de cortes para ternos que apresentamos neste artigo. Você encontra desde os modelos slim e super slim até o tradicional em cores e tamanhos variados. Excelente dica para quem procura versatilidade e estilo em roupas masculinas.

Se você gostou deste post sobre os tipos de cortes para ternos, então o compartilhe nas suas redes sociais. Com certeza, seus amigos vão querer saber mais sobre o assunto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *